terça-feira, 20 de agosto de 2013

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) irá contratar profissionais para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão

Hospital Universitário do Maranhão contratará 1.877 profissionais. Edital será publicado nesta terça-feira, 20

O concurso para o HU da UFMA será organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). Foto: Ascom/HUUFMAA Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) irá contratar profissionais para o Hospital Universitário da Universidade Federal do Maranhão - HUUFMA. Serão abertas 1.877 vagas, sendo 310 vagas de nível superior em 59 especialidades médicas, 1386 vagas de níveis médio e superior na área assistencial e 181 vagas para a área administrativa, além de formação de cadastro de reserva.
O extrato do edital com as informações do concurso foi publicado na edição desta terça-feira, 20, do Diário Oficial da União. A íntegra dos editais com a distribuição das vagas e as regras da seleção estará disponível, ainda hoje, a partir das 17 horas, para consulta dos candidatos no endereço eletrônico da Ebserh e do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), instituição contratada para a realização do processo.
As inscrições para o concurso serão realizadas exclusivamente no endereço eletrônico do IBFC, das 8h do dia 22 de agosto às 23h59 de 22 de setembro, de acordo com o horário de Brasília (DF).
A contratação permitirá ao hospital a reativação de leitos que atualmente encontram-se desativados em decorrência da falta de pessoal e a ampliação dos serviços de saúde prestados à população. A recomposição do quadro de pessoal é uma das ações do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf).
Os candidatos aprovados no concurso público que ingressarem no quadro permanente da Ebserh serão contratados sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) e terão direito ao plano de cargos, carreiras e salários, além do plano de benefícios da empresa.
Como uma empresa pública, a Ebserh é responsável pela gestão dos hospitais universitários federais, e a assinatura do contrato de parceria garante que todos os serviços de saúde prestados à população sejam feitos integralmente no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS).

Ebserh lança projeto de capacitação e planos diretores

Gestores de hospitais universitários federais participam de cerimônia de abertura de projeto de capacitação

Garantir aos hospitais universitários federais um padrão de excelência no atendimento à saúde da população no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Esse é o principal objetivo da parceria firmada entre a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da Educação, e o Hospital Sírio-Libanês, cujo lançamento aconteceu na manhã desta segunda-feira, 19, em São Paulo (SP).
O projeto "Capacitação e Planos Diretores 2013-2014 dos Hospitais Universitários Federais", que conta em uma primeira etapa com a participação de 100 gestores de hospitais localizados nas cinco regiões do país, tem o objetivo de aprimorar os serviços prestados à população pelos 46 hospitais que integram a rede federal.
O Hospital Sírio-Libanês é um dos hospitais de excelência do país e, atualmente, uma das principais instituições responsáveis pela formação e capacitação de profissionais para o Sistema Único de Saúde (SUS), em parceria com o Ministério da Saúde. No triênio 2009-2011, os programas desenvolvidos pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa capacitaram aproximadamente 30 mil profissionais da rede pública de saúde de todo o Brasil. No triênio 2012-2014, mais 12 mil pessoas participarão dessas atividades, que utilizam ferramentas inovadoras de ensino-aprendizagem.
Na avaliação da Diretora de Gestão de Pessoas, Jeanne Michel, está sendo grande a participação das equipes em um programa de alto nível. "O curso é uma oportunidade ímpar de expor os membros das equipes de governança de nossas unidades ao que há de mais moderno em modelos de gestão hospitalar, e também em metodologias de qualificação. Penso que haverá um importante impacto nos projetos de reestruturação dos mesmos.", ressaltou a diretora.
Participam os hospitais vinculados às universidades federais de Brasília (UnB), Maranhão (UFMA), Triângulo Mineiro (UFTM), Minas Gerais (UFMG), Grande Dourados (UFGD), Santa Maria (UFSM), Amazonas (Ufam), Rio Grande do Norte (UFRN), Piauí (UFPI) e Espírito Santo (Ufes).
Entre as áreas em que os gestores serão capacitados estão legislação de gestão de pessoas em saúde, gestão clínica e hospitalar, humanização do atendimento à saúde, adequação às normas e legislação do SUS, hotelaria hospitalar, gestão de obras e engenharia clínica e processos de regulação.
Com duração de 10 meses, o programa de capacitação será realizado em encontros presenciais e atividades à distância, com o acompanhamento de tutores e facilitadores. Ao final do programa, os hospitais terão desenvolvido seus respectivos Planos Diretores.
A iniciativa integra as ações do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que tem como um dos objetivos a melhoria dos processos de gestão dos hospitais vinculados às instituições federais de ensino superior.