terça-feira, 14 de agosto de 2012

Reitor da UFCG fala em aderir a Ebserh e sobre concurso público para hospitais Universitários da PB.


O reitor da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Thompson Mariz, ao retornar de Brasília no último final de semana, tranquilizou a população de Campina Grande, através de sua assessoria, afirmando que o Hospital Universitário Alcides Carneiro (HUAC) não será descredenciado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), como havia solicitado a Secretaria Municipal de Saúde ao Ministério da Saúde.
Para surpresa dos cajazeirenses, o reitor acabou confessando em suas declarações, que Hospital Universitário Júlio Bandeira (antigo Hospital Infantil), poderá ser administrado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), saindo da administração da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), que recebeu a unidade de saúde do município ainda este ano.
Segundo Thompson, HUAC será o único hospital federal que ficará “absolutamente confortável” quanto à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), pois haverá concurso público para preenchimento das vagas, conforme decisão do Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região, que determina a realização de concurso público para a contratação de profissionais de Saúde para o HUAC
“Situação que não se reproduzirá no Hospital Universitário Júlio Bandeira, do campus de Cajazeiras, no que se refere à adesão, ou não, à empresa criada pelo Governo Federal, como modelo de gestão para os hospitais universitários do país”, revelou o reitor.
Quem é Ebserh
É a empresa que tem como objetivo administrar os hospitais universitários federais e regularizar a contratação de pessoal das unidades, atualmente feita pelas fundações de apoio das universidades.
Protestos
Em Cajazeiras, a população estudantil começou a protestar nesta terça-feira (07), distribuindo faixas com as seguintes frases: “Contra a privatização da saúde! Não à EBSERRH no Hospital Infantil!”.
O Reitor
O Diário do Sertão tentou ouvir Thompson Mariz, através do telefone, porém, seu celular estava “desligado ou fora da área de cobertura”.
Diretor em CZ
O diretor do Hospital Universitário Júlio Bandeira, Francisco Figueiredo disse que há possibilidade da Ebserh administrar a unidade de saúde em Cajazeiras.
Postar um comentário